Figura 3 - Cabeço da Fórnes
  • Quem somos

    Viva a todos. A Geologia é uma área que tem crescido no Instituto Educativo do Juncal. Desde as inúmeras saídas de campo já realizadas aos artigos publicados no Congresso de Jovens Geocientistas esta é uma disciplina geodinâmica que suscita grande interesse na comunidade educativa. A idéia de construir este blog surge com o objectivo de publicar os trabalhos de investigação produzidos pelos alunos desta escola de modo a torná-los acessíveis a todos. Com a publicação dos trabalhos queremos receber contributos e críticas aos nossos artigos para que possamos crescer como jovens cientistas. O nome deste blog é Mesozóico. Adoptámos este nome porque toda a região de estudo é caracterizada por terrenos desta Era (também encontramos terrenos de uma era posterior – Cenozóico) e todos os artigos, trabalhos e acções desenvolvidas no Instituto Educativo do Juncal, salvo raras excepções, centram-se neste período da História da Terra. A todos os que nos visitam o nosso obrigado. A todos os que nos adicionam aos “Favoritos” os nossos PARABÉNS pelo vosso bom gosto.
Fig.1 Vila e Praia da Nazaré

Talassoterapia: Terapia com água salgada do canhão submarino da Nazaré

Santos, C.; Bem, M.; Ferreira, N. ; Ferreira, P. A instalação de um centro de talassoterapia no areal da Nazaré tem suscitado a curiosidade dos habitantes locais e de quem visita a vila. Nazaré é uma vila do distrito de Leiria, junto ao Atlântico, na região da Estremadura, região centro, sub-região do oeste, a uma hora … Continuar a ler

Menir da Meada

Em 1997 um grupo de estudantes de Biologia e Geologia, no âmbito das disciplinas de Paleontologia e Geologia do Quaternário realizou uma visita ao Alentejo. Voltei lá… Quem se lembra da dança? Já agora, o menir continua lá… E em pé… Com os seus imponentes 7 metros.

Figura 4 – Talhe da pedra. Os blocos fragmentados na fase de esquartejamento são cortados de forma a serem obtidos blocos comercializáveis, quer a nível das dimensões, quer a nível da forma que, geralmente, se pretende cúbica.

A exploração de rochas para calçada portuguesa

Ana Sílvia Malhado; Carolina Ribeiro; Fábio Ribeiro; Rafael Pereira; Rui Parrilha A realização deste trabalho teve como principal objetivo conhecer aspetos relacionados com a exploração de pedra para calçada portuguesa na freguesia de Alqueidão da Serra, pertencente ao concelho de Porto de Mós. Tendo em conta que a calçada faz parte da tradição e património … Continuar a ler

Figura 2 – A: arenitos com estratificação entrecruzada; B: Efeito dos fenómenos erosivos (sulcos torrenciais).

Geopercurso pelo Litoral – de S. Pedro de Moel à Nazaré

Ana Sílvia Malhado; Miguel Coelho Alves; Gabriel Ferreira Braz; Rodrigo Dinis Carreira; Pedro Filipe Cordeiro Introdução Partindo dos conteúdos programáticos lecionados na disciplina de Biologia e Geologia, referentes ao estudo dos materiais da geosfera, este trabalho pretende expor os principais aspetos de interesse geológico entre a praia S. Pedro de Moel e a Nazaré. Esta … Continuar a ler

Questões ambientais de explorações calcárias – impacte vs. reutilização da Pedreira Vale da Cruz (Molianos, Alcobaça)

Jorge Miguel Guilherme, Pedro Francisco Santos; Rafael Carreira A Pedreira Vale da Cruz explora calcários junto à aldeia de Molianos, na freguesia dos Prazeres, concelho de Alcobaça, distrito de Leiria. Esta pedreira encontra-se dentro dos limites do Parque Natural das Serra de Aires e Candeeiros (PNSAC) (Figura 2), constituído principalmente por rochas calcárias do Jurássico … Continuar a ler

Local 4 (Cortes, Ponte Cavaleiro)

Vulnerabilidade geológica resultantes das novas infraestruturas da cidade de Leiria

Jorge Miguel Guilherme; Nuno Agostinho; Paulo Carreira; João Carvalho; Catarina Oliveira Localizada a 39º 45′ N e 8º 48′ E, com altitude entre 50 e 110 m, a cidade de Leiria localiza-se no centro de Portugal, sendo sede de concelho e distrito. Em termos geológicos, localiza-se na convergência de duas grandes falhas crustais: o alinhamento … Continuar a ler

Fig. 1 – Crânio do Leopardo, Panthera Pardus, encontrado no algar.

A descoberta de vestígios de Leopardo, Panthera pardus (Lineu, 1758), no Algar da Manga Larga (Maciço Calcário Estremenho)

Guilherme, J.; Cardoso, J.; Carreira, J.; Comendinha, S Com este trabalho, pretendemos descobrir um pouco mais da geologia da nossa região, estudando, para isso, a descoberta do fóssil do leopardo, Panthera Pardus, que nos pode levar a prever como era a geologia da nossa reagião há milhares de anos.O Maciço Calcário Estremenho teve a sua … Continuar a ler

Fig.5. Fóssil de “Henkelotherium guimarotae” encontrado na mina.

Património Paleontológico da Mina da Guimarota

Guilherme, J.; Nascimento, P. ; Lourenço, P. Ao sermos confrontados com o nosso património geológico, apercebemo-nos que a população apresenta uma indiferença generalizada no que toca a jazidas potencialmente importantes a nível mundial. Deste modo, decidimos apresentar um trabalho que evidencie a importância de uma jazida paleontológica em particular, e que tente despertar o interesse … Continuar a ler

Lourinhã – Capital dos Dinossauros

Malhado, A.; Marques, C.; Ferreira, F.; Paulino, J.; Ribeiro, J. Partindo dos temas: “As rochas – arquivos que relatam a história da Terra” e “Princípios da Estratigrafia”, lecionados no 10.º ano, na disciplina de Biologia e Geologia, o trabalho pretendeu fazer uma análise das formações geológicas das praias do Caniçal e da Consolação, nos concelhos … Continuar a ler

article3301

Biosfera (XI) de 29 Jan 2013 – RTP

Biosfera (XI) de 29 Jan 2013 – RTP Play – RTP O blogue Mesozóico foi referenciado no programa das RTP2, Biosfera, sobre “os novos desafios do planeta”. Finalmente o nosso trabalho começa a ser reconhecido. Um agradecimento a todos os professores que colaboraram e continuam a colaborar: Cláudio Santos, Ana Sílvia Malhado, António Marco Pedrosa, … Continuar a ler

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 191 outros seguidores