Há Geologia em Madrid

Como é hábito desde 2002, os alunos do 12º ano da disciplina de Geologia participaram numa visita de estudo de quatro dias a um local longínquo e geologicamente atractivo fora do Mesozóico da ocidental praia lusitana. Desta vez o local escolhido foi a cidade de Madrid entre os dias 14 e 17 de Janeiro.

Bem cedo nos encontrámos à porta da escola (6h30m) para seguirmos para o aeroporto da Portela onde embarcámos em direcção ao nosso destino. Após o alojamento num hotel do centro da cidade, e durante a siesta iniciámos a nossa aventura pedestre pelo centro de uma cidade em constante ebulição. A “Puerta del Sol” com a sua animação de rua, a geométrica “Plaza Mayor”, o cosmopolita Mercado de San Miguel, o imponente Palácio Real, foram alguns visitados neste passeio de fim de tarde soalheiro madrileno que terminou numa taberna, onde nos esperavam umas tapas.

No dia seguinte passeámos pelo “Paseo da Castellana” onde se situava o Museu Nacional de Ciências Naturais com os ritmos da Natureza disponíveis ao olhar de todos. Exposições com exemplares raros, recolhidos ao longo dos séculos pelos naturalistas espanhóis, aumentaram o nosso conhecimento e olhar sobre a evolução ao longo dos tempos. No final do dia um olhar sobre o estádio Santiago Bernabéu onde tínhamos um encontro com a estrela portuguesa do momento, um jovem madeirense que faltou ao dito encontro.

No terceiro dia na capital espanhola aproveitámos para visitar o museu Arqueológico Nacional, com centenas de peças que vão da Pré-História ao século XIX e aprendemos mais sobre o Quaternário, período da História da Vida caracterizado pelo aparecimento do Homo Sapiens. Não sabemos se o conhecem? À tarde visitámos o Centro de Arte Rainha Sofia, com a arte espanhola do século XX, incluindo obras de Miró, Dali e Picasso. À noite a animação atinge o rubro com o passeio pelas movimentadas avenidas, ruas e ruelas da cidade em que a boa disposição e alegria de um povo transpira por todo lado. Para terminar, com muita pena nossa, este início de noite madrileno um chocolate quente e churros numa cafetaria típica local.

Últimas horas em Madrid, as pernas já pesam após três dias de grande actividade, oportunidade para comprar os últimos regalos, sentir novamente o pulsar da “Puerta del Sol” e … regressar, cansados mas felizes.

O professor Jorge Miguel Guilherme
Os alunos de Geologia do 12º ano

Artigo publicado no jornal Missão Estudante

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: