Uma tarde diferente em prol do ambiente

Malhado, A.; Bento, A.; Caetano, I.; Inácio, A.; Santos, D.

Palavras-chave: CoastWatch; Erosão; Faixa Litoral; Biodiversidade; Poluição.

O Instituto Educativo do Juncal participa há 13 anos no projecto CoastWatch Europe, coordenado pelo Geota (Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente). Este ano, um grupo de alunos que participou na inspecção costeira decidiu não só contribuir na recolha dos dados dos questionários, mas também fazer um levantamento exaustivo das condicionantes geológicas associadas à zona costeira em estudo, particularmente a intensa erosão a que está exposta a faixa litoral percorrida.

A recolha dos dados foi feita através do preenchimento dos questionários, 1 por cada 500 metros, ao longo de 3,5 km de costa, no concelho de Alcobaça. Também foi efectuado o registo, identificação e recolha dos resíduos encontrados. Relativamente à biodiversidade, foram fotografadas e identificadas espécies animais e registado o avanço de espécies vegetais invasoras que perturbam o equilíbrio das espécies autóctones, num sistema tão dinâmico e sujeito a alterações como é o litoral português. Este ano, além da grande quantidade de lixo (garrafas de vidro, embalagens de plástico, calçado, material de pesca), foram encontradas 5 aves mortas e 1, ainda viva, com crude (petróleo bruto) colado às penas e pata, impossibilitando-a de voar. Foi um exemplo pouco agradável que permitiu testemunhar as consequências da actividade humana. Por outro lado, verificou-se que a área em estudo apresenta arribas instáveis. A instabilização das arribas é favorecida pela erosão costeira.

O projecto Coastwatch Europe pretende alertar para os principais problemas do litoral, através da sua observação directa, nomeadamente aqueles que resultam da ocupação humana ao longo de várias gerações, intensificada nas últimas décadas do século XX, por factores como a intensa pressão urbanística, as alterações climáticas e a poluição. Através da análise dos dados recolhidos constatou-se uma notável acumulação de resíduos nos locais onde existe mais areal e uma acentuada instabilidade das arribas.

As condições presenciadas, tanto do meio como da biodiversidade, foram um exemplo, pouco agradável, que permitiu testemunhar algumas das consequências da actividade humana.

Bibliografia:

Bruun, B.; Delin, H. & Svensson, L. (2002). Aves de Portugal e Europa. Guias Fapas. 3.ª Ed.30    31 ,112,113, 160, 161 pp.
http://www.geota.pt/coastwatch/cw_portugal/index.html, disponível em 11 de Janeiro de 2010.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: