Somos o que respiramos. AR: O elemento vital que nos liga ao resto do Universo

Santos, C.; Correia, P.F.; Hilário, M.C.G.; Jorge, A.F.S.; Narciso, J.M.M.

No nosso dia-a-dia deparamo-nos com o problema da poluição atmosférica, que nos inquieta a todos, e como tal decidimos analisar a qualidade do ar, na nossa região. Este facto pode, não só colocar em questão a saúde pública, como também influenciar todo o ecossistema em que vivemos, pelo que é de uma vital importância conhecermos o ar que respiramos.

Escolhemos como alvo de investigação a vila de Porto de Mós, pois é um local onde podemos encontrar espaços verdes e locais de intenso tráfego automóvel. Para realizar o estudo utilizámos um sensor para medição de parâmetros atmosféricos associado a um GPS (gravando-se a rota efectuada) e uma máquina fotográfica para o registo dos diferentes focos de poluição, ao longo do percurso. Decidimos analisar cinco parâmetros: o dióxido de carbono, o monóxido de carbono, as radiações UV, o dióxido de nitrogénio e o som. Com recurso a software específico os valores obtidos foram registados sob a forma de gráficos no Google Earth, os quais passamos a apresentar.

Por poluição atmosférica entende-se toda e qualquer introdução antropogénica, directa ou indirecta, de substâncias ou energia no ar, resultando em efeitos prejudiciais à saúde humana, assim como eventuais danos nos recursos vivos, nos ecossistemas e nos bens materiais. A poluição atmosférica é, portanto, toda e qualquer alteração da atmosfera susceptível de causar impacte a nível ambiental ou de saúde humana, através da contaminação por gases, partículas sólidas, liquidas em suspensão, material biológico ou energia. Para além de prejudicar a saúde, pode igualmente reduzir a visibilidade, diminuir a intensidade da luz ou provocar odores desagradáveis. Os poluentes são normalmente classificados como primários ou secundários. Os poluentes primários são os contaminantes directamente emitidos no ambiente (exemplo: gases dos automóveis,..) e os secundários resultam de reacções dos poluentes primários na atmosfera (exemplo: o ozono troposférico (O3), resultante de reacções fotoquímicas entre os óxidos de azoto, monóxido de carbono ou compostos orgânicos voláteis). Os contaminantes do ar provêm de diversas fontes, como fábricas, centrais termoeléctricas, veículos motorizados, no caso de emissões provocadas pela actividade humana, podendo igualmente provir de meios naturais, como no caso de incêndios florestais ou das poeiras dos desertos.

O nosso trabalho projecto visou o estudo dos seguintes elementos: dióxido de carbono (gás que resulta essencialmente da queima de combustíveis fósseis, pelo sector industrial e automóvel); monóxido de carbono (que resulta da queima em condições de pouco oxigênio (combustão incompleta) e/ou alta temperatura); electrosmog (parâmetro que avalia a poluição electromagnética), o som e a radiação UV (radiação electromagnética com comprimento de onda entre 1 e 380 nm).

Concluímos que, de uma forma geral, o ar apresenta menor qualidade no centro e nas estradas de acesso à vila onde circulam mais viaturas, nomeadamente carrinhas e camiões. Os valores mais elevados de monóxido de carbono, dióxido de carbono e som estão, de uma forma geral, associados à passagem de veículos. Salienta-se o facto dos dados relativos ao monóxido de carbono, dióxido de nitrogénio e U.V. se encontram muito acima dos valores de referência. Com este trabalho apercebemo-nos que valores elevados de poluentes na atmosfera podem ser muito perigosos para a saúde humana.

Bibliografia:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Polui%C3%A7%C3%A3o_atmosf%C3%A9rica
DIRECTIVA 1999/30/CE DO CONSELHO de 22 de Abril de 1999 -Decreto-Lei no 111/2002 de 16 de Abril
http://www.europarl.europa.eu/sides/getDoc.do?pubRef=-//EP// (…) V0//PT

WE ARE WHAT WE BREATHE. AIR: THE VITAL ELEMENT THAT CONNECT US TO THE REST OF THE UNIVERSE

In our day-to-day we are faced with the problem of air pollution, which disturb us all, and as such we decided to analyze the air quality in our region. This fact may not only question the public health, but also influence the entire ecosystem in which we live, so it is vitally important to know the air we breathe.
We chose as research target the village of Porto de Mós, because it is a place where we can find green areas and places of heavy traffic. To conduct the study we used a sensor for measuring the atmospheric parameters associated with a GPS (writing the route done) and a camera for recording the different sources of pollution, along the route. We decided to analyze five parameters: carbon dioxide, carbon monoxide, UV radiation, nitrogen dioxide and sound. With use of specific software, the values ​​obtained were recorded in the form of graphs in Google Earth, which we now present.
For air pollution we understand any anthropogenic introduction, directly or indirectly, of substances or energy into the air, resulting in harmful effects to human health, as well as possible damage to living resources, in the ecosystems and material goods. Atmospheric pollution is, therefore, any change of the atmosphere that could cause environmental or public health impact by contamination due to gases, solid particles, liquid suspension, biological material or energy. In addition to harm the health, it can also reduce visibility, decrease the intensity of light or cause unpleasant odors. The pollutants are usually classified as primary or secondary. The primary pollutants are the contaminants directly emitted in the environment (ex. gases from cars, …) and the secondary result of reactions of primary pollutants in the atmosphere (ex. tropospheric ozone (O3), resulting from photochemical reactions between nitrogen oxides , carbon monoxide or volatile organic compounds). The air contaminants come from various sources such as factories, power plants, motor vehicles, in the case of emissions caused by human activity, and can also come from natural means, such as forest fires or dust from deserts.
Our work project aimed to studying the following elements: carbon dioxide (gas that is derived primarily from burning fossil fuels by the industrial sector and automotive); carbon monoxide (which results from burning under conditions of low oxygen (incomplete combustion) and / or high temperature); electrosmog (parameter which measures the electromagnetic pollution), sound and UV radiation (electromagnetic radiation with a wavelength between 1 and 380 nm).
We conclude that, in general, the air has a lower quality in the center and access roads to the village where circulate more vehicles, specially vans and trucks. The higher levels of carbon monoxide, carbon dioxide and sound are, in general, associated with the passage of vehicles. It should be noted that the data relating to carbon monoxide, nitrogen dioxide and UV are well above the reference values. With this work we realized that high levels of pollutants in the atmosphere can be very dangerous to human health.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: